quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Júpiter pode ter salvado a Terra de uma colisão mortal com asteroide ou cometa

video
Astrônomos amadores observaram na segunda-feira (11) um enorme flash muito brilhante em Júpiter, provavelmente resultado de um impacto no planeta. Tal avistamento é parecido com outros que foram notados em 2009 e em 2010. O impacto mais recente foi relatado pela primeira vez pelo astrônomo amador Dan Peterson, de Wisconsin (EUA), que estava observando o maior planeta do nosso sistema solar quando o evento ocorreu. “Foi um flash brilhante que durou apenas 1,5 a 2 segundos”, disse Peterson. Ele dividiu sua descoberta com outros astrônomos, que passaram a monitorar o planeta. Essa manhã (11), George Hall, um astrônomo amador de Dallas (EUA), conseguiu capturar o flash em vídeo. O flash parece um sinal claro de que um asteróide ou cometa foi atraído pelo campo gravitacional de Júpiter, potencialmente nos salvando de uma ameaça de colisão cósmica. “É assustador ver quantas vezes Júpiter é atingido”, disse Hall. Os impactos de Júpiter são de grande interesse para os astrônomos, tanto amadores quanto profissionais, porque eles são parte essencial do “jogo orbital” que moldou o nosso sistema solar. Astrônomos suspeitam que o campo gravitacional do gigante Júpiter serve como um “escudo cósmico”, varrendo os objetos que teriam um efeito mortífero se colidissem em nosso planeta. Alguns cientistas chegam até a dizer que, sem Júpiter, a vida na Terra não teria muita chance. Então, o que pode ter acontecido ontem, em última análise, é que Júpiter mais uma vez salvou a nossa pele. Mas os resultados da bravura do planeta nem sempre são visíveis. Cientistas especulam que os “intrusos cósmicos” sejam destruídos antes que tenham qualquer efeito visível no topo das nuvens de Júpiter. Em casos de objetos de maior peso, eles podem se quebrar e deixar marcas pretas na atmosfera do planeta. O caso do cometa Shoemaker-Levy 9, de 1994, é o mais notável da história recente. Por enquanto, ainda não sabemos qual o tamanho do objeto que causou o flash dessa semana. Mas os astrônomos já estão trabalhando nisso, e mais observações e correções devem ser divulgadas em breve.

Créditos: Hypescience

Um comentário:

  1. mas na posição do inpacto,é muito claro,não foi jupiter que nos salvou,pois,este meteoro ou cometa(como queiram chamar)pela posição de inpacto,ele passou por nós primeiro antes de atingir jupiter,ou irei mais longe,pode ser até mesmo uma explosão de um vulcão no planeta!!!!

    ResponderExcluir