sábado, 23 de março de 2013

Motores do foguete da missão Apollo são resgatados do fundo do Oceano Atlântico

No ano passado, o fundador da Amazon.com Jeff Bezos anunciou que ele tinha localizado alguns dos motores de foguetes F-1 da Apollo e ele planejava recuperá-los. Ele a equipe da então chamada Bezos Expedition recuperaram com sucesso os foguetes que ajudaram a impulsionar os astronautas da Apollo para a Lua e agora levaram esses foguetes F-1 para casa, disse Bezos em uma mensagem para a NASA. No site oficial da Expedição Bezos, ele chamou a recuperação dos foguetes de uma aventura incrível. “Esse é um achado histórico e eu quero parabenizar a equipe pela sua determinação e perseverança na recuperação desses importantes artefatos dos nossos primeiros esforços de mandar seres humanos além da órbita da Terra”, disse o administrador da NASA, Charlie Bolden. “Nós vamos tentar recuperar e restaurar esses motores e queremos aplaudir a equipe de Bezos por ter feito com que esses artefatos históricos tornassem disponíveis para o público”. Não existe nenhum indicativo de que vôos da missão Apollo, os foguetes recuperados por Bezos eram. No ano passado, quando Bezos fez o anúncio, ele disse que teria encontrado os foguetes da nave Apollo 11, mas pode ser muito difícil de determinar exatamente de qual vôo eles eram. No total a NASA lançou 65 motores F-1, cinco por vôo, em 13 foguetes Saturno V, entre 1967 e 1973. Supostamente deveriam existir números de série que tornariam a identificação mais fácil. Bezos indicou em seu blog que eles ainda continuarão a bordo, e que talvez outras descobertas possam acontecer. Cinco motores F-1 foram usados no S-IC de 138 pés de altura, ou o primeiro estágio de cada Saturno V, que dependia de cinco clusters de foguete para se ter os 7.5 milhões de pounds necessários para ele decolar. Cada motor tinha 19 pés de altura, por 12 pés de largura com um peso de 18.000 pounds. Bezos e a sua equipe passaram três semanas no mar, trabalhando a quase 3 milhas abaixo da superfície do mar. “Nós encontramos muita coisa”, escreveu Bezos. “Nós achamos uma terra encantada debaixo d’água, um incrível jardim de esculturas de foguetes retorcidos F-1 que contam a história de final de vida fogoso, e que serviu de testamento para o programa Apollo. Nós fotografamos muito objetos lindos e agora estamos recuperando muitas dessas peças. Cada peça trazida ao convés me lembrava os milhares de engenheiros que trabalharam juntos para tentar fazer o que todos até então achavam uma missão impossível, ou seja, levar o homem até a Lua”.

Fonte: Cienctec

2 comentários:

  1. Legal o post. De fato, é um pedaço da história da exploração espacial que foi resgatado e que deveria ser preservado para as gerações futuras. Só uma observação: Como no Brasil nós usamos os Sistema de Medidas Internacional (metros, quilograma) mas os americanos preferem utilizar um sistema próprio (pés, pounds), fica uma dica de colocar no final do post uma observação com os valores no Sistema Internacional e Americano, só pra efeitos de comparação, tipo:
    - 1Kg = 2,2045855Pounds
    - 1 pé = 30,48 cm
    - 1 polegada = 2,54 cm

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Carlos Cesar, obrigado pela força!
      Abraços

      Excluir