sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Cometa mergulha direto para o Sol

video
No início desta semana, a NASA e alguns cientistas que trabalham com o Observatório Solar e Heliosférico (SOHO) tiveram um vislumbre de um pequeno cometa se movendo em direção ao Sol. Como você vai ver neste vídeo, o cometa não teve nenhuma chance. De acordo com Karl Battams do Laboratório de Pesquisas Navais dos EUA, o objeto tinha apenas algumas dezenas de metros de diâmetro. Era claramente pequeno demais para sobreviver ao intenso bombardeio de radiação solar, uma vez que não escolheu o melhor caminho para fazer sua viagem. Curiosamente – e, como se fosse um sinal -, o Sol emitia uma magnífica ejeção de massa coronal aproximadamente no mesmo momento em que o cometa se desintegrou, mas provavelmente os dois fenômenos não estavam relacionados. Spaceweather explica o que aconteceu, e de onde o cometa provavelmente veio: “Ocasionalmente, os leitores perguntam se cometas podem desencadear explosões solares. Não há nenhum mecanismo conhecido por cometas para desencadear erupções solares. Cometas são muito pequenos e frágeis para desestabilizar o campo magnético do Sol. Além disso, este cometa ainda estava a milhões de quilômetros do astro-rei quando a explosão se desenrolava”. O cometa foi um membro da família Kreutz. Cometas rasantes Kreutz são fragmentos do rompimento de um único cometa gigante de muitos séculos atrás. Eles ganharam este nome em homenagem ao astrônomo alemão Heinrich Kreutz, que no século 19 os estudou em detalhe. Vários fragmentos Kreutz passam pelo Sol e desintegram todos os dias. A maioria, medindo menos de alguns metros de diâmetro, são pequenos demais para vermos, mas, ocasionalmente, um fragmento maior como este atrai a atenção.


Fonte: Hypescience

Nenhum comentário:

Postar um comentário